when no one cares

Just another WordPress site

Valentine's Day

Valentine’s Day is upon us. So… If you, like myself, are alone, and are Portuguese, then I have a small treat for you! So here on then, this post is switching to Portuguese.

A minha mãe hoje apareceu-me com umas folhas com linhas de engate, que achei por bem transcrever aqui para o blog, para o caso de algum leitor estar na mesma situação que eu, e necessitar de todas as armas possíveis para engatar alguém.

Aviso desde já, que as frases não são da minha autoria, e que não são para as pessoas mais sensíveis! Não me responsabilizo também pelas categorias em que estão inseridas, nem compreendo a 100% todas elas.

As categorias são as seguintes:

  • A rima rica
  • O trocadilho
  • A metáfora
  • Os ordinários
  • A subtileza do povo
  • Os religiosos
  • Os espirituosos
  • Quem desdenha
  • Quando a canção falha

Ainda me lembro do que ofereci no dia de São Valentim no ano passado. Duas peças de lingerie (sendo que a parte de baixo era maior do que o suposto. WHAT A BIG MISTAKE TO MAKA!).

Felizmente a visada APARENTEMENTE não levou a mal, mas já se sabe como são as mulheres… Ficam sempre com aquilo guardadinho. lol

ImageShack

A rima rica

  1. Ó flôr dá para pôr?
  2. Ó musa, dás-me tusa.
  3. Ó bomboca, mostra a toca?
  4. Ó doce, era onde fosse.
  5. Ó beleza, deixas-ma tesa.
  6. Ó boneca, vai uma queca?

O trocadilho

  1. És como um helicópetro: gira e boa.
  2. Ó fêvera, junta-te aqui à brasa.
  3. Ó jóia, anda aqui ao ourives.
  4. Ó “morcona” , comia-te o sufixo.
  5. Ó filha, aperta aqui que é mais fofo.
  6. Ó jeitosa, és mais apertadinha que os rebites de um submarino.
  7. Andas na tropa? É que marchavas que era uma maravilha.
  8. Se fosses um barco pirata, comia-te o tesouro que tens entre as pernas.
  9. Tantas curvas e eu sem travões.
  10. Usas cuecas TMN? É que tens um rabinho que é um mimo.
  11. A tua mãe só pode ser uma ostra para cuspir uma pérola como tu.
  12. Tens um cu que parece uma cebola, é de comer e chorar por mais.
  13. Só queria que fosses uma pastilha elástica para te comer o dia todo.
  14. Tanta carne boa e eu em jejeum.
  15. Se o teu cu fosse um banco, fazia uma poupança a taxa fixa.
  16. Ó filha, agora já percebo porque é que tenho a talocha nas mãos.
  17. Belas pernas, a que horas abrem?
  18. A ti não te custava nada e a mim sabia-me tão bem.
  19. Até davas uma boa actriz mas és muito melhor atrás.

A metáfora

  1. Ainda dizem que as flores não andam.
  2. Ó filha, com um cuzinho desses deves cagar bombons.
  3. Ó filha, levavas aí com o martelo penumático que fazíamos o túnel do Marquês num instante.
  4. Que bela anilha que tu tens, deixa lá enroscar o meu parafuso.
  5. Só custa a cabeça que o resto é pescoço.
  6. Que rica sardinha para o meu gatinho.
  7. Anda cá a cima afagar-me a cobra zarolha.
  8. Ó filha, o teu pai devia ter a régua torta para te fazer com curvas assim.

Os ordinários

  1. Ó filha, fazia-te um pijaminha de cuspo.
  2. Quem me dera que fosses um frango para te meter um pau no cu e fazer-te suar.
  3. Só queria que fosses um cavalinho de carrossel, para te montar todo o dia por 50 cêntimos.
  4. Ó filha, anda cá a cima que até a barraca abana.
  5. Contigo filha, era até ao osso.
  6. Metia-te-a inteira até que ma mordesses.
  7. Posso tocar no teu umbigo da parte de dentro?
  8. Ai de ti que eu saiba que esse cuzinho anda a passar fome.
  9. Ó filha, enchia-te essa cona toda de massa.
  10. Só não tenho pêlos na língua porque tu não queres.
  11. Ó filha, anda cá a cima que ele não se vai chupar sozinho.
  12. Tens uns olhos tão lindos, tão lindos, que te comia essa cona toda.
  13. Caiava-te toda de branco por dentro.
  14. Contigo era até encontrar petróleo.
  15. Ó linda, sobe aqui à palmeira e anda-me lamber os cocos.
  16. Ó faneca, anda cá que o pai unta-te.
  17. O teu cu parece uma serra eléctrica, não há pau que lhe resista.
  18. És tão quente que até se me grelham os tomates.
  19. O meu amor por ti é como a diarreia, não o consigo manter cá dentro.
  20. Diz-me quem é a tua ginecologista para eu lhe ir chupar o dedo.
  21. Com esse cu, estás convidada a cagar na minha casa.
  22. Contigo até me tornava mineiro, só para te abrir os buracos todos.
  23. Podia ficar um mês a cagar trapos mas comia-te com roupa e tudo.
  24. Posso pagar-te uma bebida, ou preferes em dinheiro?
  25. Ainda dizem que a fruta verde não se come.
  26. Ó filha, lambia-te o que tu mais gostas.
  27. Ó fofa, agarra aqui na corneta.
  28. Agarra-me aqui no tarolo, ó princesa.
  29. O teu pai deve ser arquitecto, tens um cu que é uma obra.
  30. Ó filha, agarra aqui com a mão.
  31. Que rico filho. Anda cá cima que eu faço-te outro mas mais bonito.
  32. Ó sol, sopra aqui na minha flauta pingante.
  33. Ó boneca, era a estrear.

A subtileza do povo

  1. Ia até ao fim do mundo por um dos teus sorrisos, e ainda mais longe pela outra coisa que podes fazer com a boca.
  2. Estou a lutar desesperadamente contra o impulso de fazer de ti a mulher mais feliz do mundo.
  3. Sabes onde ficava bem a tua roupa? Toda amarrotada no chão do meu quarto.
  4. Só a mim é que não me calha uma destas na rifa.

Os religiosos

  1. Diz-me lá como te chamas para te pedir ao Menino Jesus.
  2. Ó filha, queres ir ao céu? Sobe aos andaimes que o resto do caminho é por minha conta.
  3. Ó filha, se não acreditas que Deus é feito de carne e osso, sobe aos andaimes e anda cá tocar-me.
  4. Abençoados pais que conceberam esta coisinha linda.
  5. Por acaso és católica? É que tens um cu que valha-me Deus.

Os espirituosos

  1. Se eu estivesse no teu lugar, tinha sexo comigo na boa.
  2. Ó menina, cuidado que prendeu-se-lhe a parte de baixo da saia no manípulo da betoneira.
  3. Essa roupa fica-te muito bem, mas eu ficava-te melhor.
  4. Se cair, já sei onde me agarrar.
  5. Acreditas em amor à primeira vista ou tenho que passar por aqui outra vez?
  6. Anda cá que te vou dar uma sessão de raboterapia.
  7. Não sou muito bom em matemática mas, 1+1 = 69?
  8. Não te esqueças do meu nome, mais logo vais gritá-lo.
  9. Minha senhora, troco a sua filha por um piano, assim, podemos tocar os dois.
  10. És um bilhete de primeira classe para o pecado.
  11. Queria ser um patinho de borracha para passar o dia na tua banheira.
  12. Deves estar tão cansada, passaste a noite às voltas na minha cabeça.
  13. Posso não ser bonito como o Brad Pitt, nem ter os músculos do Schwarzenegger, mas a lamber sou uma Lassie.
  14. Com uma montra dessas, imagino como é o armazém.
  15. Ó filha, contigo era até partir os pés à cama.
  16. Ó doce, anda cá a cima fazer uma festinha ao tareco.

Quem desdenha

  1. Não és nada de se deitar fora, já tive pior e a pagar.
  2. Podes não ser a rapariga mais gira, mas com a luz apagada também é bom.
  3. Ó filha, tens carinha de modelo mas o teu cu é um continente.
  4. Com umas bóias dessas o Titanic não tinha ido ao fundo.
  5. Com um piso desses deves ser mais rodada que a 2ª Circular.

Quando a canção falha

  1. Ai não queres? Eu vi logo, gorda como estás é porque não suas muito.
  2. Mau? Mau o quê? disse algum disparate ou chupas aqui mesmo?
  3. És mesmo esguia, pareces uma sereia: metade mulher, metade baleia.
  4. Ó filha, com menos cu também se caga.
  5. Ó filha, se o teu cu fosse uma torrada, precisava de um remo para o barrar.
  6. Também só queria saber o teu nome para quando me masturbar saber em quem estou a pensar.
  7. Ó filha, só não sou teu pai por quinhentos paus.
  8. Ó filha, com esse atrelado só com carta de pesados.
posted by André Lemos in Fun and have Comments (7)

7 Responses to “Valentine's Day”

  1. Insónia says:

    Estes são queridos, não me importava que um sr homem-das-obras mos dissesse:
    Ó filha, com um cuzinho desses deves cagar bombons.
    Só a mim é que não me calha uma destas na rifa.

    Estes são nojentos, mas são mto bons:
    Podia ficar um mês a cagar trapos mas comia-te com roupa e tudo.
    És tão quente que até se me grelham os tomates.
    Caiava-te toda de branco por dentro.

  2. Insónia says:

    ah, e depois há uma, q ja conhecia, mas que deve ser das minhas favoritas de sempre:
    Ó filha, fazia-te um pijaminha de cuspo.

  3. Carrapato says:

    LINDO

    Nepiaaa eu vou criar um dicionário desses versão MULHER PIROPA OS HOMENS! Aw yeah! Best seller fou shou!
    Do género:
    “Provocas uma inundação nas minhas cuecas!”
    “Fazia-te grátis e pagava-te para mais!”
    “Tens aparelho? Não faz mal, ela tá limpinha!”
    “Oh filho, vem aqui desentupir os canos.”
    “Tenho teias de aranha no tecto, queres vir tira-las?”

    etc.

    TOP 5
    1 – Quem me dera que fosses um frango para te meter um pau no cu e fazer-te suar.
    2 – Ó filha, o teu pai devia ter a régua torta para te fazer com curvas assim.
    3 – Ó linda, sobe aqui à palmeira e anda-me lamber os cocos.
    4 – Caiava-te toda de branco por dentro.
    5 – Ó musa, dás-me tusa.

    P.S.: How the fuck consegues tu errar nas medidas da tua própria namorada? Dude… Sad… XD

  4. Mytho says:

    “Vamos brincar às adivinhas… sentas-te na minha cara e eu adivinho-te o peso!”

    Já testei essa… não deu muito certo 🙁

  5. xtn says:

    Eu adorei esta:
    “Podia ficar um mês a cagar trapos mas comia-te com roupa e tudo”
    Como já te disse é brutal e bruta ao mesmo tempo! =P

    Mas da proxima vez, vou tentar com esta:
    És um bilhete de primeira classe para o pecado.
    Essa roupa fica-te muito bem, mas eu ficava-te melhor.

    E esta ficava tb bem para as mulheres LoL:
    Se cair, já sei onde me agarrar.

    Beijocasssss

  6. STeve says:

    Esta é a melhor de sempre

    “Se eu estivesse no teu lugar, tinha sexo comigo na boa.”

    Porreiro isto

Place your comment

Please fill your data and comment below.
Name
Email
Website
Your comment